Vitória, 15 Brasil. - Algumas oportunidades não voltam só porque você se arrependeu. bitches.

Aviso Rapido (1)

Gente , sao muitos nomes , voce que é leitor sabe , entao , sempre eu vou confundir , ou escrever errado , por que é muitos nomes =o

Ana ,

alexia

felipe

andreia

Karol

gabi

adileine  ( acho que e assim kkk n lembro DD:)

Lucaz

Matheus

enfim , sao muitos nomes , entao se eu confundir um e outro , NAO LIGUE , e me avise , pra eu escrever certo dae né !


Web capitulo 13

Depois do 3º ano ter se apresentado , estava todos saindo do local , indo para o resto da escola , era uma festa , mais ai fê teve uma idéia melhor.

Que chato que ta isso meu – eu falei , meio em grito a musica estava muito alta , era um rock , dos bons , mais estava muito alto.

Vamos para um parque  ? – ele disse perto do meu ouvido e olhando para as pessoas.

Bora ,  que tal eu chamar a Ana e ela o Matheus ? – ele concordou , chamei Ana , disse a idéia ela chamou Matheus , e ele também concordou , fomos falar com a mulher da verruga , para saber se teria algo importante na feira , tipo um anuncio.

Ela nos disse antes , teria o tal baile daqui 2 meses , ela levou nos para a biblioteca , pegou um álbum que estava lá no alto , e nos mostrou as fotos dos Antigos Bailes , estava tudo perfeito , luzes , Dj , gente dançando , e tudo muito lindo .

Mas definitivamente ah um problema – ela disse virando as folhas e com cara de desanimo

Olhei preocupada.

Qual? – Ana perguntou.

Olhe essas fotos , é o mesmo DJ , toca sempre as mesmas musicas , é sempre a mesma coisa , nós fazemos esse baile a 12 anos ! a escola Inaugurou a 15 , ou seja , provavelmente vamos cancelar o baile , por que vai dar todo o trabalho de conseguir as coisas , e ninguém vai por que sabe como vai ser entende ?

Falou fechando o álbum , e guardando , e logo suspiros.

Ei ! A gente pode ajudar ! – eu disse Animada

Como ? –  Ana matheus e fê perguntaram , a mulher só me olhou com duvidas.

 

Ah gente é adolescente meu , dá pra da uma animada uma diferenciada , é só nos deixar no comando , tipo .. arrumar entende ?

Falei e a “tia”  foi falar com a diretora , depois disso a diretora concordou. Teriamos que ir na escola sábado , quartas e segunda , como hoje era terca feira , já começamos a fazer planos pra ver quem passava na casa de quem , fê passava na minha , a gente passava na Ana , e depois na casa do Matheus.

 

Chegando perto da praia , já dava para ver o parque de diversões , “Kabuum” rimos do nome , chegando mais perto ali era lindo , cheio de luzes e encantos , só queria ver como que seria quando fosse a noite.

Entramos , e estava cheio de barracas de comida , barracas de tiro , de jogos , montanha russa essas coisas , logo vi Rafa ensinando a bruna como atirar nos bonecos robóticos que se mechiam , eu estava bem distante do rafa a muito tempo não falava com ele , então resolvi aparecer lá , Nós quatro fomos ,

Oiee! – disse abraçando ele e beijando seu rosto.

Bruna me olhou com ódio.

Oi – Falou bruna

Oi bruna !

E ai o que fazem aqui ? não era pra estar na escola? – perguntou rafa

É a gente estava , mais .. tava muito chato – eu disse ,

Logo bruna&rafa , perceberam o clima que havia entre Eu , e Fê , nos despedimos e continuamos no parque .

Ein , nós vamos ali tá ? depois a gente se vê – disse Ana e Matheus assinou , olhei pra Fe e nos beijamos .

Ele me abraçou , pôs o braço no meu ombro e eu na sua cintura , primeiro fomos na montanha russa.

Entrei e estava nervosa , me segurei e olhei pra fê.

Ai meu Deus !!! – eu disse , sorridente , animada  ,nervosa , vários sentimentos misturados,

PIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Olhei sorrindo para o Fê e loogo comecei a sorrir , foi o melhor “passeio” da minha vida !

Chegamos e eu estava tão nervosa , tinha gente vomitando e tambem algumas mijadas.

Eu não parava de rir , ate parecia bêbada.

Fomos em quase todos os brinquedos , já estava anoitecendo resolvi ir embora , estávamos andando na calçada de Mao dada, ate que eu olhei para as ondas e prestei atenção no barulhos das quebradas delas.

Fomos ate lá , nos deitamos na areia , e ficamos Observando as estrelas.

Dava pra ouvir um pouco os gritos , das pessoas na montanha russa.

Ei , amanha é aniversario da minha mãe e .. eu queria que voce fosse , vai ter um jantar.

Ele disse com brilho nos olhos , por um momento eu senti um frio intenso na barriga , mais logo passou.

Ela sabe quem eu sou ? – perguntei observando aquele rosto perfeito.

Vai saber – disse sorrindo

Ficamos ali observando as estrelas , eram tão lindas.

Tenho que ir logo vou receber os famosos sms – disse rindo , ele me levantou ,

Corpos colados, rostos próximos , respiração lenta , Mão no rosto , e mão na nuca , mãos bobas , beijo.

Amanha as 8:30 , ta ? – ele disse

Tudo bem .

Estavamos na frente da minha casa , logo rafa virou a esquina e se juntou a gente pra conversar , ficamos trocando palavras ate eu receber o tal sms de vem pra casa , de despedi dos dois , o beijei , e entrei.


web capitulo 12 

alexia narrando

Acordei , e vi no celular que horas eram ,  5:50  não consegui mais dormir e levantei , minha mãe já estava se arrumando ,

Oi filha ! – ela disse e me beijou.

Oi mãe , nossa mais já ? ta cedo ainda mãe. – eu falei se sentando na cama dela.

É , tenho reunião , beijo – disse , só deu para ouvir  o som do seu salto e a porta fechando , Mike latindo.. e o silencio dominando.

Desci e fiz um Nescau bem gelado.

Fiz um pão com ovo , e fui La fora , o sol já dominava , atravessava a piscina , que coisa mais linda de se ver de manha.

Deixei minha comida ali na beira da piscina e fui peguei meu celular meu fone e comecei a ouvir guns.  Eu estava descendo as escadas olhei pela ´varanda ` , Mike aquele puto , só vi ele indo comer o meu pão e derrubando dentro da piscina o prato , que raiva :@

MIKEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE – desci correndo , ele saiu de fininho com o pão – aproveitei e dei um mergulho de roupa e tudo mesmo , peguei o prato e bebi meu Nescau . era 6:30 , e fui fazer outro pão e Nescau pra mim , antes , me sequei , pense numa menina fazendo pao e nescau de toalha na cozinha , entao , enquanto fazia e ouvia um funk , recebi uma mensagem “ Bom dia “ , felipe me mandou , eu sorri tanto que faltava sair da boca , respondi “ Bom dia “ , comi , tomei um banho rápido e gelado , me arrumei , peguei a bolsa , chave , e tudo de costume , desci e arrumei rápido as coisas do Mike , e sai, fê estava passando e aproveitou e me esperou , ok.

Bom dia meu amor – ele disse me beijando

Hmmmmmmmmmmmmmm , bom dia ! – disse entre o  beijo.

Casal feliz numa rua com sol deserta se beijando ,

Dormiu bem ? – perguntou

Sim , ate acordei mais cedo , e , o Mike derrubou um prato na piscina hoje cedo – falei

Ele riu.

Continuei ..

E eu tive que entrar La pegar , e ele ainda comeu meu pão tive que fazer outro , minha mãe saiu mais cedo pra reunião , então.. então.. não sei mais o que falar

Rimos.

Chegando na escola , entrei , me despedi dele , e entrei na sala, sentei e fiquei conversando com Ana, Eu estava morta de tédio , Ana também , ela pediu e eu sai escondido , fomos na cantina e pedimos um chá , nos sentamos nos bancos , e ficamos rindo e conversando a toa , ela me disse que tudo se ajeitou na casa dela e que estava afim de um garoto , seu nome era Matheus , no recreio ela iria me mostrar , ele era da sala do 2º ano , ate achei possível ele ser da mesma sala que o fê , mais não era.

Ei , já fez sua redação ? – Ana perguntou tomando um gole do chá.

Já , faz tempo – disse estralando meus dedos.

Eu fiz ontem , ficou um lixo .- falou olhando pro chão e fazendo uma careta engraçada.

O meu também ! não acredito que vou ter que ler na frente da escola. – disse

E olhe que é pra semana que vem – completou  Ana.

 

Passou uma semana , hoje , terça feira , era o tal dia da apresentação , seria de tarde as 15:00 ( três horas.) , ana estava se aproximando do tal Matheus , ele éra muito lindo , tinha cabelo preto , usava boné e olhos castanhos brilhates. Naquele mesmo dia eu  cheguei da escola , tinha combinado com Ana dela me chamar , e nos irmos chamar o fê. Estava me arrumando , coloquei uma calca jeans , e uma regata , com um all star.

Eu não tinha ouvido a campainha mais Mike começou a latir La de fora , tipo , 2 segundos depois , a campainha tocou.

Entre ! – gritei

Ela apareceu ..

Estou tão nervosa amiga ! – disse

Eu sei ! eu tambem – disse peguei meu celular a chave e o papel , tranquei e sai , andamos um pouco e chegamos na casa do Fê.

Gritos com o nome dele dominavam a rua .

Ele logo apareceu me beijou , demos as mãos e continuamos andando em direção a escola.

Estava cheia de lanches , pessoas , musica. Uma bagunça.

Pra sala de ensaios , vamos ! – uma voz com megafone, assim , a musica parou , e ela disse isso duas vezes.

Todos com o mesmo destino.

Chegando lá , o lugar lotou ,  e a mulher da verruga apareceu.

Alunos , Todos vocês sabem , que hoje vocês deveriam ter uma redação pronta , sobre , vocês , ah vida enfim. O festival , irá ocorrer da forma com que as turmas , primeiro da 5 até ao 3º ano se apresentem , turma por turma. Os que não tiverem a redação podem se sentar e ver , é obrigatório a redação para a escola , mais , se você não tem , problema seu. – disse com escrotisse .

5ªA , entre ! – disse , uma menina loira , baixa e com enchimento comecou a ler , assim foi , com todos os alunos eu estava quase dormindo , mais eu e Ana riamos demais , com fê junto claro. E chegou o 1ºA , eu e Ana éramos do 1ºB

Boa sorte amor ! – ele disse

Pra você também – falei. E rolou um selinho

Descemos , eu Ana e mais um povo da turma que saia de cada canto.

Eu estava nervosa.

Ana foi por primeiro , se apresentou e voltou quase chorando , e logo eu pude ouvir as palmas , e depois meu nome.

Alexia , numero 3 , entre. – falou a mulher da verruga , meu coração veio a boca , mais eu fui , entrei sorridente , sorriso mais falso que nota de 500 reais , mais , entrei.

Olá.. hã- meio tensa , com o microfone na mão , e o papel em outra , eu comecei a ler.

“ Sabe , eu nasci , cresci , e virei isso que vocês estao vendo , não , eu não era assim antes – gaguejei- eu estava ao topo de minha vida , quando a pessoa mais importante sumiu , não , eu não sei como ela sumiu , mais ela sumiu , ela se foi , ela nunca mais voltou. Essa pessoa se chama Fernando, e , Fernando , é meu pai , - lagrimas estavam sendo puchadas-  , isso faz tanto tempo. E hoje , eu estou andando em uma rua , esburacada e cheia de água fervendo , sim meu pé esta doendo , esta descalço , mais eu não paro. Com o coração na Mao , estomago vazio , e dor no peito , eu ando. Eu perco as pessoas , elas me abandonam , e não sabem do meu passado , eu não posso desistir , pois , é isso que vocês querem , eu tive umas amigas minhas , que não eram tão fortes quanto eu , e elas .. elas desistiram , não , elas não , pararam e foram para suas casas , elas desistiram da vida , o que mais dói é ver uma pessoa tão batalhadora em um caixão – sequei uma lagrima – Hoje , eu estou aqui , na frente de todas as pessoas que nunca saberiam nada de mim , falando sobre meu passado , sobre o que sou. – deixei a folha de lado , olhei para aqueles adolescentes entediados , e disse – Voces , vocês o que vocês são ? Eu sou isso , uma adolescente bizarra , correndo atrás de alguém que sumiu , que me abandonou , eu não vou desistir , eu corro atrás dos meus sonhos , e do meu pai , da minha vida ,e de por meu coração no peito , por um cérebro na cabeça de vocês. O mundo , sempre esta contra mim , mais eu não paro , não posso , por que nessa estrada que corta meus pés , vai ter um pano , e medicamentos para cuidar deles. E eu vou continuar , queira você , ou não. “ , sai enchugando as lagrimas e ouvindo palmas.

Nossa ! – disse Ana me abraçando , depois disso , nos fomos aos bancos , muitos me deram um oi , um tchau ou sei lá. Beijei fê , e logo foi a vez da turma dele , mais ele não fez o texto , não sei , por que. 


Web capitulo 11

Eu estava exausta quando minha mae foi acordar a gente , tipo , porra mae.

Mãe , eu não quero ir hoje – disse pondo o travesseiro na cara .

Por que não ale ? – minha mãe disse

Mãe , eu peguei no sono umas 4:00 da madrugada , estou morrendo de cólica e ta tão quentinha minha cama ! , – dava pra ver o sol da minha janela , esta tarde faria calor , mais mesmo assim fingi estar morrendo de frio , Ana também não estava tão afim assim de levantar , então , aproveitei.

E olhe mãe , hoje vou ter que ir com a Ana na casa dela por favor mãe ! eu não quero ir , não tem trabalho para entregar , não tem nenhuma prova ou lição avaliativa , por favor mãe ! – disse e ela só falou “OK”, eu e Ana continuamos dormindo , acordei 9:00 , que ódio , desci morta de cólica , me rastejando para ser exato , peguei um Danone na geladeira , e me apoiei a mesa , enquanto comia.

10:00 ana acordou , eu estava deitada vendo Bob Esponja , ela também amava então ficamos ali vendo TV , ela no sofá com as cobertas que sempre estavam ali , e eu no chão , tomando aquele sol maravilhoso.

Vem , vamos no mercado – disse indo trocar de roupa , e fazer minha Higiene.

Fazer o que lá ? –disse ela com uma cara de preguica que só.

Comprar doce , ou você vai ficar aqui ate depois e não vai comer doce ? atá. – disse descendo e abrindo a porta arrumando as coisas do Mike , e arrumando ele também , Ana estava fazendo sua Higiene e tal pra ir comigo. Peguei o cartão que era tipo MEU , minha mãe deixou só pra mim , fazer essas coisas de arrumar  comida , comprar meus famosos doces e etc.

Na rua , nos íamos caladas , mais estava tudo na boa , entrei no mercado , peguei salgados , bolo , refri , ração , lasanha  , e tal.

Voltamos para casa , era quase 12:00 , eu não dispensava um bom almoço ,eu lavava a salada e ela fazia o macarrão , conversando , e ela querendo saber detalhes de ontem a noite , contei tudo , ela me deu o macarrão para experimentar , estava Horrivel ! E logo começou uma guerra de comida , não foi aquela guerra mais deu uma bagunça . Limpamos , e fomos para a piscina, na verdade quem entrou foi a Ana , eu não podia.Ouvi a campainha tocar e Mike começou a latir , fui atender enquando Ana permanecia na piscina , surprendida com um beijo , um beijo delicioso.

Oi Mor – disse me beijando , em meio beijo , enfim.

Oi – disse sorrindo e o beijando.

E ai , por que não foi hoje ? – perguntou me olhando ate que serio.

Expliquei pra ele o por que , ele riu , mais também disse que isso do Pai da Ana bater nela bêbado não é de Ontem , que ele já fez isso algumas vezes , eu fiquei indiguinada , convidei ele para ir na piscina conosco , ele foi almoçar e por uma roupa de “piscina”vamos dizer e , nos beijamos.

Quem era ? – Ana perguntou olhando para o sol ,

Fê , daqui a pouco ele ta ai – disse me sentando novamente no chão , tomando meu refri e comendo bis.

Logo a campainha tocou e eu só gritei ENTRE , ele sentou do meu lado , e , dei bis na boca dele *—*

Que nojo – falou a Ana , nós dois rimos , e ele deu um mergulho.

Vem mor – disse ele chegando mais perto.

Hoje não, - dei aquela olhada e sorri , não precisava explicar , fê não era Burro , e acredito que você que esta lendo também entendeu.

Cara , como você consegue comer tanto doce ? – perguntou se sentando na beira da piscina ,

Ixi , eu como muito doce por dia , se eu não comer doce , eu não durmo moz , e é ate por isso que minha mãe deixa um cartão so pra mim, ai quando eu tiro uma nota meio baixa , ou arranjo encrenca ela tira , ai eu tenho que me virar – disse e rimos.

Eu já estava ficando morena , 5:00 ( cinco horas), Fe estava indo embora , iria buscar o Lucaz ,

Ei , amanha de tarde tenho um curso , só pra avisar , -riu- , tchau Ana – disse , e me beijou , que beijo.

Logo depois eu e Ana saímos , tomamos banho , e eu fui com ela ate a casa dela , ela achou melhor eu não entrar disse que não queria que eu ouvisse briga ou discussão , nem disse nada apenas aceitei e voltei para casa , vi se tinha alguma lição e fiz as que tinha ,  depois contei do meu dia pra minha mãe , tomei meu banho e fui dormir , acordei de madrugada com sms da Operadora , que raiva , depois tive ate dificuldade para dormir , e sonhei , vi a Jessica se matando , acordei suada , ofegante , e totalmente assustada , olhei direto para a janela e já estava amanhecendo , não consegui mais dormir.

Felipe Narrando

No caminho para ir pra escola , a primeira coisa que pensei foi em ale e o quão especial ela era pra mim , de manha não a vi , decepção. Mais depois passei na casa dela , nossa , que linda. Fiquei a tarde lá , e tipo , foi uma das melhores tardes que já tive , ela não pode entrar na piscina por problemas de mulheres , fazer o que. Mais , eu queria Beija-lá ate não poder mais , fui buscar o Lucaz , Disse pra ele sobre a garota da casa grande , e ele disse que ela realmente era bonita ate perguntou se ela tinha irmã mais nova , esse é meu Garoto. Tomei um sorvete com o Lucaz , sempre que voltávamos da escolinha dele tomávamos um , depois voltei pra casa entrei no computador com esperança dela estar on , mais ela nem entrou , depois arrumei minhas coisas tomei um banho e fui dormir , só ah vi. 


Web capitulo 10

Depois de todo aquele choro resolvi dormir , dormi ate não querer mais , já era domingo , eu não queria ir ao enterro então já iria voltar para o Brasil.

Estava arrumando minhas coisas , mais eu queria me despedir da galerinha daqui , então minha mãe continuou para mim e eu fui na casa da Karol.

Entao , eu vou ir daqui umas 2:00 horas.. – disse , nós estávamos sentadas no meio fio, clima tenso.

Eu não quero que você vá ale – disse Dvid

Nem eu ! – Lucas.

Sim gente , eu também não queria ir mais já tenho minha vida lá , quando der , vão La me visitar , vão mesmo viu ? Voce Lucas , você Dvid , Voce Karol , e se a Jessica estivesse aqui ela também. – disse sorrindo.

Tudo bem então ,  a gente vai sim – abracei um por um , ficamos zuando por ali mesmo , me despedi deles , depois passei na Jessica para dar um tchau pra ela , mesmo que ela não esteja lá , eu .. queria ir.

 

Passou algumas horas e choros , já estávamos chegando ao Brasil , já tinha mandando SMS para o Fê dizendo isso , ele disse que estaria esperando a gente , fiquei ate que surpresa mais ok.

Fizemos o mesmo trajeto , pegamos as malas , o túnel movimentado , familiares chorando , e lá estava ele, com aquela mega tatuagem.

Oh minha Linda que saudade ! – disse ele me abraçando e beijando , namoral , eu estava muito surpresa tipo , a gente só tava ficando meu , mais eu .. amei.

Eu também ! – beijava-o tanto ao ponto de faltar ar .

Ei ei , chega NE gente só foi 3 dias , pelo amor de Deus , desgrudem ! – disse minha mãe em tom de brincadeira.

Rimos.

Chegamos em casa de Taxi , a primeira coisa que fiz foi pegar meu Mike , rafa não estava lá então a mãe dele que me entregou , fê ficou La em casa , jantou , e ficamos sentados La na frente conversando.

Contei pra ele de cada detalhe que ouve lá , ele ouvi tudo com uma atenção , eu estava ate ficando sem jeito , e lá vai o silencio dominando aquela rua.

Ale , quer .. namorar comigo ? – ele falou , me entregando uma aliança prateada com uma pedrinha tão , tão , taaaaao perfeita , que a primeira coisa que veio a mente foi beijá-lo .

“sim” – sussurrei .

Ficamos ali de bobeira rindo e conversando , minha mae logo me chamou , demos uns beijos e umas palavras carinhosas , coisas de amor.

Entrei , sentei do lado da minha mãe no sofá , e mostrei minha Mao.

Cortou a Unha ? – perguntou eu só dei risada

Naao !! Olhe bem – disse mordendo a boca e meio “elétrica” ,

AH MEU DEUS ! – disse ela não acreditando.

Que coisa mais linda Ale ! ai meu bebe cresceu – ela me abraçou , e começou a rir.

Tomei um banho , bem demorado , bem demorado mesmo , era umas 23:00 ( onze horas.) quando  avisei a ana que tinha voltado , via sms , fui dormir , estava tudo perfeito , ate eu receber um sms de madrugada.

“Ale , preciso de um lugar pra ficar , me encontra aqui na praia perto da ponte , beijos , Ana “

Deixei um bilhete para minha mãe dizendo

“já volto”

Fui ate a ponte e ela estava sentada chorando , fazia tanto frio , eu só abracei ela. Ela estava com a Mochila escolar , e um tênis sem meia.

E ai o que ouve ? – disse abraçando ela .

Meu pai ale , chegou bêbado , me murrou tanto as costas que é difícil ate andar , minha mãe tinha ido no mercado então só deixei um bilhete , essas horas ela deve estar louca com ele , mais avisei que daria um jeito e que amanha voltada. – disse chorando ate soluçar .

Nossa amiga ! que horror ! eu nem sabia que seu pai bebia , vamos.

Disse erguendo ela do chão e andando na praia de volta para as ruas e para minha casa , ela chorava tanto , antes de chegarmos Mike começou a latir , minha mãe acordou Obvio.

Ana contou para ela cada detalhe , ouvíamos com atenção , minha cama era de casal então ela tomou um banho e dividi a cama com ela , assim que ela viu minha Alianca pirou.

EU NÃO ACREDITO NISSO ! – ela disse pegando na minha Mao e sussurrou “ quando ? com quem ? ai meu deus ale!! “  

Com o fê hoje a noite boba. – disse sorrindo

Peguei no sono , umas 4:00 , ( quatro horas , madruga.) , e só sonhei com mar..


Web capitulo 9

Tinha tanta gente em cima de mim que era difícil ate de respirar , eu estava com uma leve dor de cabeça , Karol estava gritando meu nome Dileine estava perguntando se eu estava bem e coisas do tipo.

Levantei e já me deram um copo de água , bebi , eu sabia o que tinha acontecido , mais , mesmo assim eles não deixaram de falar.

Ei você esta bem ? do nada você desmaiou ! – falou Karol ,

Estou sim , me ajude. – disse pegando na Mao de karol , e levantando do chão. Logo as pessoas foram voltando para aonde tinham saído , assim que levantei , fui para perto de Jessica ,  comecei a chorar e abraçar Karol e qualquer um que estava ali , nossa , ela estava tão Pessima.

Quero ir embora , - disse pra Karol.

Eu também , vamos-  disse tchau para Dileine , e sai. Na rua eu sentei varias vezes no meio fiu para pensar enchugar as lagrimas e no meio do caminho , encontramos Lucas Indo para a casa dela , ele só me abraçou e disse para eu não ficar assim , Karol por outro lado é forte e sabe lidar com essas coisas então ela so chorava.

Fui para casa , junto com a karol , Lucas foi para a casa da Jessica , mesmo assim , eu precisava de um abraço , cheguei na casa da cami , e minha mãe estava cortando cebola ,chorando.

Corri e abracei ela , karol só olhou para minha mãe por cima dos meus ombros e sussurrou , “ela precisa” .


Web capitulo 8

                Voltei para casa normal , como se nada estivesse acontecido , bebendo com a karol , Lucas e Dvid , estava tudo numa boa , comecei a me sentir tonta , e ânsia de vomito , todos estavam assim,

Caímos no meio fiu , rimos da cara das pessoas ao verem a nossa , vomitei demais , demais , era tarde , eu fiquei a tarde inteira assim , quando era umas 23:00 , minha mãe começou a mandar seus famosos sms ,eu não poderia voltar pra casa naquele estado , ela iria ficar furiosa , e eu também não queria levar bronca logo na casa da Cami , então eu apenas respondi “ vou dormir na karol , te amo. “ , depois continuamos a farra , não sei como consegui durar tanto tempo bêbada, ai que dor de cabeça.

Beijo filha , já estamos indo ! – falou a mãe karol , meus olhos estavam ardendo definitivamente com aquele sol na minha cara , vista embaçada , dor de cabeça , sede , e muita preguiça; olhei e estava com a mesma roupa de ontem.

Só vi Karol levantando de sua cama e passando por cima de mim que estava dormindo no chão , no colchão. Ela logo voltou com um balde de água , ela nem conseguia segurar aquele balde direito ,  eu estava totalmente Sonsa , e , nem sabia o que estava acontecendo , não me recordava de nada , e nem por que estava na Karol. Mais ela também não tinha trocado de roupa , só que estava apenas de calcinha e blusa.

Vamos vadia levante ! – disse e jogou aquele balde de água fria em mim , fiquei paralisada , ai que frio , que ódio.

Sua vaca !!! – sai correndo cambaleando e nem vendo nada , desci as escadas e levei aquele tombo , rodei ate chegar no fim , com meus cabelos molhados nos olhos , só ouvia as risadas de Karol , mais logo , veio lagrimas.

Levantei , a abracei e chorei junto.

Ale , eu queria que ela estivesse aqui , sinto tanto a falta dela , ai meu Deus, que dor de cabeça , nesse momento ela estaria rindo de nos , e me ajudaria com o balde. – lagrimas junto com puxes  de catarros ah lagrimas.

Eu sei , desculpe , por não estar aqui quando ela precisou , desculpe , eu quero tanto vê-la. Preciso dizer oi e ver ela gritando comigo do por que eu uso café em vez de Nescau. – disse soltando o abraço , e pegando um pouco de água.

Jessica odiava café .

Naquele dia de sol , clima de enterro , e lagrimas com suco e pão , era uma quinta feira , a pior de todas as quinta Feiras.

Venha vamos limpar aquele quarto , ou você não quer vê-la ? – perguntou karol se levantando e correndo pelas escadas úmidas.

Vai cair em ! – gritei correndo junto , e adivinha ? quem caiu sou eu.

Minha barriga doía de tanto riso , riso com choro , riso com vontade de chorar ,

Karol me ajudou , subi novamente , cheguei no quarto , e o chão estava alagado junto com as cobertas e o armário.

Limpamos meio rápido era 13:00 , quando comecei a receber SMS do fê;

Plin Plin.

O celular tremia junto com o toque personalizado de mensagem.

Karol logo correu e pegou o celular , eu só ria .

Ei , quem é Felipe ? – disse ela com o celular na Mao , e olhos curiosos.

É uma pessoa , vai vestir uma roupa esta me dando frio ver você assim. – ela riu e pois uma calça , depois ela repetiu sua pergunta anterior.

Em vaca quem é Felipe ? – falou

É , um amigo porra já disse ! – falei

Você disse que era uma pessoa , e agora amigo ? – disse ela clicando o “OK” ,

“ Oi  , e ai , melhorou ? o que aconteceu ? estou com saudades quero te ver , ouvir sua voz. “

Ah ! Ta namorando sua .. sua ! Arrrg :@ - disse ela com raiva , talvez por que não contei , ou talvez por que eu tinha alguém.

Eu só ria enquanto arrumava aquilo , ela deixou o celular de lado , e continuava a perguntar , enquanto me ajudava .

Parei um pouco , peguei o celular , procurei ele , e liguei.

Põe no viva voz! – disse a karol , eu só ria e coloquei.

Oi – disse uma voz , meio .. esperando uma noticia ruim.

Olá ! E ai como vão as coisas no Brasil ? – perguntei.

Vao bem , mais quero saber de você. Por que foi ai tão de repente ? – disse

Desculpa , mais Tive que vir acertar umas coisas , foi de ultima hora.. hã.. uma amiga minha ela.. – não conseguia dizer , comecei a chorar e karol também.

Entendi , como ela se chamava ? – disse , triste.

Jessica , Jessica Bonavassa.

Vou rezar por ela , tá ?-

Tudo bem , fê , eu .. amo você. – disse a Karol abraçou o ursinho tipo “ OWWNNNN” e eu comecei a rir .

Eu amo você. – disse ,

Bom vo desligar eu vou ir no velório ver ela.. apesar de .. não sei se vou conseguir. – disse

Ok , depois te ligo , fica bem por favor. Te amo

Chamada finalizada.,

Que foofo !! ele te ama , OWNNN ! – disse karol , meio em pulinhos.

Eu só ria.

Tive que tomar um banho , esperei a roupa secar antes de ir , era umas 15:00 quando resolvemos ir , eu também precisava passar lá em “casa” para , matar a saudade. E depois avisar minha mãe.

Estavamos andando naquela rua , com algumas menininhas que eu particularmente nunca fui muito com a cara.

Cheguei na frente de casa e estava um vazio , e me deu uma dor no peito.

Estava tudo meio bem , no caminho para casa da cami , nos começávamos a rir do nada lembrando de bons momentos.

Karol , você , pode ir passar as férias de Julho lá em casa , se quiser – falei olhando pra ela enquanto andávamos e riamos demais.

Serio ? ai que Tudo ! – gritou  ,

Calma , não paga vexame.

Chegamos e eu avisei que tinha gente comigo , para minha mãe não dar chilique .

E ai como foi a noite ? -disse ela saindo da cozinha.

Bem mãe ,a gente zuo na rua ontem por isso eu , dormi lá.

Hum , não fizeram besteira , não é ? – perguntou meio brava.

Não mãe .

Já volto – disse indo para o quarto aonde dava pra ver minhas malas , fechei a porta e me troquei, enquanto isso na cozinha…

Aonde vao ?  - perguntou.

O velório da Jessica , você vai ? – disse karol.

Não não , eu não gosto de velórios , lagrimas e climas tensos. – falou minha mãe , e cami já saiu do banheiro com o Carlos , ambos de ropão.

Bem vamos ? – disse eu , saindo do quarto e dando de cara com os dois ali , Karol falando com minha mãe , só dei bom dia , tchau e sai.

O velório vi ser na casa dela , não é ? – perguntei.

Vai , nossa , a gente vai chorar demais.

No caminho , estava tudo nor(mal) ,

Chegamos naquela casa linda branca com rede na frente , da janela dava pra ver aquele povo de preto , lagrimas e gente dando apoio a Dileine.

Carros e muitos carros.

Estou com medo – falei

De que ? – respondeu serio.

Não sei , mais estou com medo.. – disse ..

Entramos e varias pessoas que estavam ali sem importância nos olharam, Duas adolescentes Fúteis passando.

E lá estava ela , caixão preto , um vestido normal , segurando flores ate o pé , dava para ver seus pulsos , e não sei por que o Idiotas não colocaram algo em seu pescoço , mais dava pra ver o roxo , o sangue morto , o pescoço quebrado , a língua querendo sair pela boca , olhos cansados , e , morta.

Pus minha Mao na boca , e lagrimas descontroladamente começaram a surgir , alguém abraçou Ah karol por trás , um garoto beijou o pescoço dela , ela estava sem reação ao ver a Jéssica , tipo , nem ligou pro garoto.

Naquele momento , eu senti uma tontura forte , e não vi mais nada.


web capitulo 7 

Peguei no sono , por umas 2 horas.

Acordei com as pessoas bem movimentadas , e quando minha mãe percebeu que acordei ela falou :

Já vamos pousar. – disse , se movimentando demais ajeitando as sacolas mini malas e etc .

Logo comecei a me ajeitar também , olhei pela janela , e estávamos pousando.

Assim que pousei era 12:00 , (meio dia)

Sai do avião , fiquei em uma fila , peguei as malas e fui indicada ah ir em um certo corredor com portas grandes e, muita gente do vôo indo por lá ,

Assim que terminei de atravessar o corredor , dei de cara com familiares se abraçando , criancas chorando , cegos perdidos , e coisas do tipo.

Saimos dali rapidamente , eu e minha mãe  pegamos um taxi , já que já éramos dali , ela sabia que poderia contar com uma amiga.

Chegando naquela rua com crianças jogando bola , e , meninas fofocando , tocamos a campainha de uma casa não tão grande , mais era mais La pro fundo , na frente só tinha arvores , e um banco, grande e branco.

Ai meu deus ! Eu não acredito nisso ! – disse a amiga da minha mãe que parece mais uma adolescente , e isso é o que a destaca , ela se chama Camila , Ela é uma pessoa muito gente boa , mais o sangue dela sempre esta fervendo , então qualquer coisa já ah irrita, ela namora o Carlos , outro amigo mega gente boa , e só ele pra ter paciência e muito amor pra fazer ela se acalmar.

Depois de muito tempo não acreditando , ela abriu aquele portão. Correu e abraçou minha mãe , me beijou e convidou a gente pra entrar ,  colocamos as malas perto da porta , tomamos um café e contamos o que aconteceu, na verdade quem contou foi minha mãe , eu não iria suportar dizer , senti as lagrimas vindo , pedi licença e sai , antes de sai passei por uma estante cheia de bebidas , mini garrafas e , normais , peguei vodka quando elas estavam distraídas e sai.

Logo que cheguei meio longe da casa liguei pra karol.

Ei , estou aqui na Cami , te espero na praça. – falei e ela desligou em seguida fui para a praça que não era muito longe , no caminho chorei e diversas vezes as pessoas vinham e perguntavam se estava tudo bem, assim que cheguei na praça , karol estava lá , chorando no banco do lado do sorvete.

Ei amiga – disse , ela se levantou e nos abraçamos , por muito tempo. Duas choronas.

Toma , vai , te ajudar – eu disse entregando a vodka pra ela , rindo de mim , enchugando as lagrimas e bebendo , falou :

Ale você não tem noção , do quanto a falta ela faz , - disse ela.

Mais , tu sabe por que ela fez isso ? – perguntei pegando a vodka e dando um gole.

Sei.. – falou de cabeça baixa – e você ale , vai querer mata-lo.

Logo , Rodrigo veio em minha mente , eu estava ficando cega de raiva.

Ele a traiu com a Maysa , aquela puta dos infernos , - disse bebendo e olhando pras pessoas.

Aonde ele esta agora ? – perguntei não demonstrando minha raiva .

No treino de futebol , La no clube sabe.

Sai dali cega de raiva , e correndo , karol não penso duas vezes antes de vim atrás de mim , duas loucas correndo na rua , uma cega de raiva e a outra com dó do alvo.

Cheguei no clube , não parei de correr , Rodrigo me viu e ficou com cara de assustado , pulei em cima dele e comecei a socar aquela cara de cachorro ,

Seu filha da puta seu cretino , ela morreu por você e você fez isso ! SEU CORNO FILHO D PUTA VAI SE FODE SEU CACHORRO SEM VERGONHA MAIS EU VO ARRANCAR ESSE SEU PINTO , SEU BROXA ! – eu continuava a socar e a chingar , quem estava em volta ficou totalmente assustados , ele estava tentando me parar mais eu estava com tanta raiva que só por Deus ! e como dizia a Jessica , “alexia de raiva sai de perto “ , Karol , estava assustada pedindo para eu parar , coitada.

Quando resolveram me tirar de cima dele , ele levantou e perguntou :

Alexia ! por que ta me batendo? Eu não tive culpa pô. – disse e aquilo sim me deu tanta raiva que comecei a socar seu estomago , e a chingar , me puxaram pelos dois braços novamente , e depois  ele falou

Segurem essa louca , ou quem bate nela sou eu ! – falou irritado , não suportei e pulei em cima dele , e com minhas unhas enormes só faltava furar aquele saco , ele gritava de dor , faltava chorar e eu rindo dizia :

Ta legal ? ta gostoso ? foi isso que a puta fez ? foi isso que a Jessica fazia ? ein ? não ta gostoso ? foi tipo isso que ela sentiu se filho da puta do caralho , ela se matou por você seu , seu agggr :@

Meu sangue só faltava sair pelas veias de tanta raiva que eu estava sentindo , muita gente que estava ali eu conhecia , mais nem liguei , ele lá jogado no chão se remoendo de dor e raiva , karol foi me tirando dali junto com mais uns garotos da minha antiga escola.


web capitulo 6.

Achei melhor ficar quieta afinal ele iria continuar me elogiando e eu iria continuar ficando sem jeito…

Nosso pedido chegou , e começamos a comer e a conversar .. normal. Em algum momento ali , ele parou de comer , me olhou , e ficou me olhando ,  uma olhada tão .. diferente m que me deixou vermelha.;

Que foi ? Minha boca ta suja ?-  perguntei

Ele começou a rir ,

Não , é que , estou tentando achar um defeito em você ale. - Disse ele sorrindo , nossa que sorriso lindo meu.

Mais.. eu não consigo , você é tão linda e , tão , doce que , não estou achando defeito pra você  - falou

Fê , não me iluda , se pra depois passar uma menina muito mais gostosa que eu na rua e você babar por ela , e , eu acreditar em tudo que esta me dizendo – falei meio nervosa.

Ele foi chegando mais perto, me olhou serio e disse:

Quem , fez isso contigo ale ? quem , te iludiu tanto ao ponto de você achar que o próximo irá fazer o mesmo ?

Desculpe – dei um selinho me levantei e pensei em ir embora , mais me lembrei que não sabia ir, fiquei parada na porta por uns dois segundos , ele chegou me abraçou por trás e falou  : vamos.

Felipe Narrando

Eu estava calmo por fora , mais por dentro raiva e um pouco de pena. Ela , é tão confiante , linda , enfim.. e , alguém quebrou seu coração , machucou ele por completo , e agora , terei que fazer com que ela confie em mim e acredite que , não vou fazer isso com ela , mais , estou louco pra quebrar a cara desse Mané .

Voltamos pra casa de Mao dada , no meio do caminho encontramos o rafa e a bruna estavam conversando e se beijando enfim.. , Ale , ficou meio surpresa ,  a gente se cumprimento e Ale abraçou a Bruna sussurrou algo e continuamos andando ,

O que disse pra ela ? – perguntei

Disse pra ela não machucar o rafa , não iludir ele , por que , eles terminaram e agora já tão juntos. E o rafa , chorou , eu vi. E olhe , eu nunca vi garoto nenhum chorar por uma garota.

Eu fiquei assustado com a lógica da Ale , nos despedimos como bons ficantes , passei a tarde no meu curso de Ingles&informática , E depois fui pegar o Lucaz na escola.

Alexia Narrando .

Eu estava limpando a casa  , quando alguém estava tocando a Campainha descontroladamente , atendi rápido por que barulho de campainhas são muito irritantes.

Oi – disse uma voz muito meiga , masculina , e sorridente.

Olá – disse sorrindo , - Quem é voce ? – perguntei pra ele

Sou lucaz  , e você ? – ele perguntou , eu comecei a rir  , e logo o Fê apareceu , e me beijou.

Alexia – euri mais ainda

Entao ale , esse é meu irmaãosinho – disse o Fê , passando a Mao no cabelinho dele , own *—*

Que fofo , tem quantos anos  , Lucaz ? – perguntei

Tenho 6 – disse ele muito fofo meu

Own que pitooco – disse com uma voz muito meiga

Entao ale , quer ir tomar sorvete com a gente ? -  perguntou o Fe ..

Desculpa mais , eu não to com cabeça pra sair , e estou fazendo uma faxina então.. não vai dar desculpa. – eu disse olhando pra eles.

Ah , da nada não , vamos indo , tchau – Lucaz beijou minha bochecha e o fê , me abraçou e selinho só , Rs.

 Continuei minha faxina e depois fui dar uma volta com o Mike , acabei que encontrando um garoto ,  meio loiro , e olhos castanhos normal , ele me comprimentou mais não retribui , então ele disse :

Bem , ta você não fala com estranhos é ? eu sou da sala ao lado meu , Diego prazer , ate mais então – disse ele continuando andando , mais , eu não queria dar uma de mau educada e chamei.

Ei espere ! – gritei

Ele me olhou ,

Prazer , alexia – disse dando um  aperto de Mao.

Diego – sorriu , ele era meio Manolo sabe , ate estava com um ar de cigarro que só .

Bom eu vou indo , ate mais – disse e continuei andando , cheguei em casa e dormi , acordei 18:00(seis horas..) e ,  tomei um banho bem gelado , estava calor , depois fui para o computador , fiquei La ate que a karol entra , e .. a conversa foi tipo essa:

Oiieeeeeeee – falei muito animada

Oi ale- disse

O que houve ? – perguntei

Não quero te dizer , ale. Você não vai acreditar , ale , eu preciso muito do seu abraço você precisa voltar pra Ca , por 1 dia sei La ale mais vem por favor . – ela disse

Nossa amor , mais , o que houve meu ? – perguntei já nervosa

Ela demorava e demorava pra responder eu ficava mais nervosa ainda , então a gente ligou a web , e ela estava chorando , muito , tipo dava pra ver que Ela não iria conseguir digitar..

Eu só ouvi ela dizendo “ ainda não acredito que ela morreu “ , e logo veio a Jessicana minha cabeça ,  ela é uma das minha melhores amigas , e uma irmã pra Karol , eu fiquei , assim pasma e então ela escreveu “ale , a Jessica , ela se matou esta noite “ , quando eu li , já comecei a chorar descontroladamente e a primeira coisa que pensei era “preciso me cortar” , desci La em baixo e quebrei um copo de propósito , claro sem minha mãe ver , limpei e peguei o caco mais discreto possível , minha mãe olhou pra mim e viu que eu estava com uma cara de choro , eu falei que precisava voltar para o Paraguai , precisava ver ela , precisava , minha mãe não estava entendendo nada, mais no meu estado , ela disse  “ta bem eu compro as passagens pela internet essa noite , arrume suas coisas querida “ , eu subi , tranquei a porta , e , o Fe estava on , e como prometido , eu digitei “desculpa Fe , mais .. preciso “ , e comecei a cortar meus pulsos descontroladamente , karol estava vendo eu ate tinha esquecido e ela começou a chorar a gritar “PARE ALEXIA POR FAVOR PARA POR FAVOR ALEXIAAA PAREEE “ e gritava muito , chorava e quebrava as coisas no quarto dela , eu não parava estava tudo uma bagunça minha mãe já estava começando a ouvir os escândalos e  barulho , logo ela apareceu perguntando se estava tudo bem , no momento não tive cara pra dizer o que ela , e disse “é um vídeo no youtube mãe “ , e continuei , fui longe demais , depois so era papel e papeis toalhas gastados com todo aquele sangue , karol não parava de chorar por um instante , e Fe , ele  começou a dizer umas coisas que não me interessei em ler ,

Karol , eu vou ir ai amanha de manha ta ? – disse enxugando sangue e lagrimas , estava tudo um caus , eu fiquei perplexa , acabei dormindo de tanto chorar e com uma blusa enorme , destranquei a porta antes de tudo , acordei com minha mãe me chamando para me arrumar , me arrumei e nem estava com malas prontas , apenas fui , o Mike ficou com o rafa , e La vamos nós , eu não parava de chorar lembrava de todos os momentos que passamos juntos , eu karol , Jessica , gabi , enfim.

Estavamos no avião quando minha mãe dormiu e eu comecei a receber sms do Fe , totalmente preoucupado , e disse

Alexia , amor , você esta bem ? quero ver voce – ele mandou , respondi :

 Estou bem , você não vai me ver tão cedo , estou voltando pro Paraguai , quando der , me liga agora não da mais , beijos – respondi. Não recebi mais nenhum sms , mais , mesmo com todos ali eu estava me sentindo mais sozinha que nunca , queria me enforcar e morrer junto , na verdade eu queria me matar junto com ela , queria me cortar queria , que aquilo fosse apenas aqueles pesadelos que parecem muito reais.